Em Porto Alegre:não é ser petista,é ser justo e defender a democracia

O julgamento de Lula pelo juiz de primeira instância, Sérgio Moro e a sua arguição final estão repletos de vazios de provas concretas. Abundam ilações e convicções subjetivas, impróprias ao ethos de um juiz imparcial. Não se acusa Lula por ter contas no exterior que nunca teve nem de ter desviado fortunas do erário em benefício próprio. Nada disso. Trata-se de um triplex em Guarujá sem maiores qualificações e de um sítio em Atibaia, modesto, como modesta era a vida da esposa Maria Letícia que, filha de agricultores, gostava de mexer na terra.

As alegadas intervenções de Lula junto a Petrobrás, em favor da OAS que em troca teria dado a cobertura triplex em Guarujá-SP não se confirmaram. A solução foi então a invenção de uma justificativa exdrúxula e até vergonhosa para um juíz minimamente sério. Escreveu: “se não houve intervenção de Lula, houve, sim, “um ato de ofício indeterminado”. Isso vale dizer: um ato não conhecido e por isso inexistente. Como pode um juiz decidir sobre algo que ele mesmo não conhece? A situação colocou o juiz Moro em maus lençóis quando veio a público que a OAS penhorou o apartamento de Guarujá em negócios feitos em Brasilia, sinal de posse e domínio do imóvel. Portanto, não podia ser de Lula.

O fato é que não foi identificado nenhum crime de Lula, muito menos contas em offshores.
O que ficou claro como a luz do Sol é a vontade condenatória do juiz Sérgio Moro e daqueles em nome dos quais está atuando: as classes endinheiradas, o PSDB e parte significativa do PMDB com Temer à frente.

Não dá para usar metáforas e esconder o discurso com malabarismos. Temos que dizer abertamente que houve um golpe parlamentar-jurídico-mediático, hegemonizado pelos grupos altamente endinheirados (0,05% da população) que controlam grande parte da área econômica e mantém o Estado refém dos altos juros que lhe cobra para que possa fechar suas contas.

A verdade cristalina é que a elite dominante (segundo L.G.Belluzzo, nem elite é, há apenas ricos) começou a dar-se conta de que o poder vindo do andar de baixo, por Lula, o PT e aliados, poderia consolidar-se e mudar o rumo do país com políticas sociais de inclusão de milhões de pobres e assim ameaçar seus privilégios. Arquitetaram um golpe, com aliás, sempre fizeram na história.

Não há que esquecer a afirmação muitas vezes repetida de Darcy Ribeiro que nossas classes opulentas e dominantes são as mais reacionárias e anti-sociais do mundo. Nunca pensaram um Brasil para todos; sequer possuem um projeto de nação. Estão contentes com o que o Pentágono (que está também envolvido no golpe, segundo fontes fidedignas) e as grandes corporações mundais estão impondo: a reconolização de toda a América Latina, particularmente, do Brasil.

A estes cabe, na divisão mundial do trabalho, o de serem apenas exportadores de commodities. Este projeto assumido pelos que deram o golpe, não estão apenas privatizando os bens públicos. Estão denacionalizando nosso parque industrial, o petróleo e outros commons brasileiros. Estão desmontando o país. O objetivo é deixar espaço aberto às grandes corporações, à custa da diminuição do Estado, para que ocupem nosso mercado de 200 milhões de consumidores e possam acumular à tripa forra.

Alguém com mais autoridade que eu, o economista Luiz Gonzaga Belluzzo, numa entrevista, foi ao cerne da questão:” ‘O crime de Lula, na verdade, foi comandar um governo voltado para os mais pobres, um governo mais popular e soberano e isso, amigos e amigas, jamais será aceito pela Casa Grande. Defender Lula é defender a história, é defender a justiça. Não é ser petista, é ser justo”.

O que se joga no dia 24 de janeiro em Porto Alegre com os três desembarcadores que vão julgar Lula é a definição do futuro de nosso país: se aceitamos ser novamente colônias ou se rejeitamos esse projeto indigno ou levarmos avante o sonho de tantos anos e agora reforçado, de refundar no Atlântico Sul um país robusto, autônomo, social e justo que se propõe sanar a ferida que sangra até os dias de hoje: os milhões e milhões, vítimas da Casa Grande de ontem e de hoje, os abandonados por serem considerados zeros econômicos, em sua maioria, filhos e filhas da senzala face aos quais temos uma dúvida humanitária até hoje nunca saldada.

O povo está calado, mas não desatento. Sabe dos direitos que lhe foram sequestrados e da carga de se lhe quer colocar nas costas. Dependendo da decisão dos desembargadores de Porto Alegre – uma justiça de lobos? – poderá haver uma espécie de estouro da boiada.

Com o ofício de teólogo me permito advertir os juizes com  as palavras da Revelação:

“A ira de Deus virá sobre aqueles que na injustiça aprisionam a verdade”(Romanos 1,18). O instrumento da ira de Deus será, desta vez e a meu ver, a ação irascível do povo.

Portanto, desembargadores, tratem de julgar segundo a justiça para escaparem da ira de Deus e do furor do povo indignado.

Leonardo Boff escreveu: Brasil: concluir a refundação ou prolongar a dependência, a sair pela Vozes em fins de fevereiro, não está inscrito no PT mas defende a causa da justiça social assumida pelo partido

19 comentários sobre “Em Porto Alegre:não é ser petista,é ser justo e defender a democracia

  1. Querer interferir no resultado da Justiça, não é defender a democracia. Mas não se pode esperar que isso não passe de discurso vazio, da parte de um grupo ideológico que nunca prezou por seguir as leis…

    Curtir

  2. Belas e sábias palavras, Professor Leonardo Boff; mas, será que abutres têm o sublime dom de ouvir?

    Curtir

  3. Odeciomendesrocha Mendes Rocha compartilhou um link .
    1 hora ·
    Partilhado via AddThis
    ·

    Uma investigação matricial metafísica hipótese
    O filmes Matrix apresenta-nos uma versão de uma velha fábula filosófica: um cérebro numa cuba. Um seguro sem corpo flutua numa cuba por sua vez este no laboratório de um cientista. O cientista encontrou a maneira do cerebro ser estimulado com o mesmo tipo de insumos que um cerebro normal c …
    CRITICANAREDE.COM

    Curtir

  4. Melhor, então, pararem de incitar o povo a reagirem como irracionais. Uma “ação” da massa denota consciência; uma reação denota manobra!
    Tenho muito medo dessa arrecadação da massa, que nem sempre tem consciência do que está ocorrendo, para reagir a uma “injustiça” que fato não sabemos se é injusta! Sinto muito o que aconteceu ao PT e ao Lula, mas deram motivos para esse linchamento…
    Que pena ver toda a esquerda sob suspeita por essa conduta, no mínimo, suspeita do Lula! Nao basta ser honesto, tem que agir como tal e não fechar os olhos para as maracutaias… Que pena!
    Arrasou com a esquerda, acabou com a ideologia de dar dignidade aos pobres e pra devastar qualquer esperança de melhoria nessa direção abriu a oportunidade de valorização da idria fascista, egoísta e exclusiva dos menos favorecidos.
    Lamento o prejuízo causado por Lula.

    Curtir

    • ARV não concordo com essa análise. É bem no estilo das oligarquias que difamam de populismo tudo o que Lula fez, os 36 milhõe que tirou daa miséria e outros beneficios sociais. Quem fez isso antes? Naõ se deixe enganar pela midia conservadora que nunca gostou da democracia e apoiou todos os golpes. Leia o livro de Jessé Souza talvez o nosso melhor sociólogo atual: O atraso das elites: da escravidão ao Lava Jato (Leya 2017) e está em promoção pela internet. Ele ajuda a entender a crise atual lboff

      Curtir

      • Se fosse verdade o que o ARV afirma de que com a condenação de um lider extingue-se o sonho e a ideologia, após a condenação e execução de Cristo o cristianismo também teria se extinguido, mas o que aconteceu foi o contrário . O sangue de mártires é semente !

        Curtir

  5. Lula escolheu Temer, escolheu a Odebrecht, a OAS, escolheu Meirelles lembram?…Escolheu o Mercado, escolheu Sarney, Renan, Jucá, Gedel, lembram? Escolheu a Indústria Automobilística, os bancos e o consignado, escolheu Eike e Cabral, escolheu geladeiras, televisores, máquinas de lavar roupa, microondas e fogões.
    Chama eles agora, companheiro.
    Lula escolheu o lado negro da força e por ele está sendo julgado.

    Curtir

    • Adriano, complete o que vc esqueceu:Lula escolheu os pobres, os negros, os abandonados nas periferias, a bolsa família que tirou 36 milhões da fome, permitiu que pobres ingressassem na universidade e fizessem cursos técnicos, depois minha casa, minha vida e luz para todos…Quem fez isso nos mais de 500 anos de hpistória pátria? Alguem que veio de baixo, um sobrevivente, um pobre operário nordestino. O ódio da classe dominante se deve ao fato de nunca terem aceito que Lula fosse presidente e fizesse o que eles nunca fizeram. E mais que tudo: resgatou a dignidde dos pobres. lboff

      Curtir

  6. Republicou isso em Paulosisinno's Bloge comentado:
    Compartilhando da página do Leonardo Boff: “Em Porto Alegre: não é ser petista, é ser justo e defender a democracia.” – 22/01/2018.

    O julgamento de Lula pelo juiz de primeira instância Sérgio Moro e a sua arguição final estão repletos de vazios de provas concretas. Abundam ilações e convicções subjetivas, impróprias ao ethos de um juiz imparcial. Não se acusa Lula por ter contas no exterior, que nunca teve, nem de ter desviado fortunas do erário em benefício próprio. Nada disso. Trata-se de um triplex em Guarujá, sem maiores qualificações e de um sítio em Atibaia, modesto, como modesta era a vida da esposa Maria Letícia que, filha de agricultores, gostava de mexer na terra.

    As alegadas intervenções de Lula junto a Petrobrás, em favor da OAS que, em troca, teria dado a cobertura triplex em Guarujá-SP não se confirmaram. A solução foi então a invenção de uma justificativa esdrúxula e até vergonhosa para um juiz minimamente sério. Escreveu: “se não houve intervenção de Lula, houve, sim, “um ato de ofício indeterminado”. Isso vale dizer: um ato não conhecido e por isso inexistente. Como pode um juiz decidir sobre algo que ele mesmo não conhece? A situação colocou o juiz Moro em maus lençóis, quando veio a público que a OAS penhorou o apartamento de Guarujá em negócios feitos em Brasilia, sinal de posse e domínio do imóvel. Portanto, não podia ser de Lula.

    O fato é que não foi identificado nenhum crime de Lula, muito menos contas em offshores.
    O que ficou claro como a luz do Sol é a vontade condenatória do juiz Sérgio Moro e daqueles em nome dos quais está atuando: as classes endinheiradas, o PSDB e parte significativa do PMDB com Temer à frente.

    Não dá para usar metáforas e esconder o discurso com malabarismos. Temos que dizer abertamente que houve um golpe parlamentar-jurídico-mediático, hegemonizado pelos grupos altamente endinheirados (0,05% da população) que controlam grande parte da área econômica e mantém o Estado refém dos altos juros que lhe cobra para que possa fechar suas contas.” (continua; clique no linque para ler o texto inteiro)

    Curtir

  7. Se esta frase é mesmo sua: “Enganam-se aqueles que eu, pelo fato de defender as políticas sociais que beneficiaram milhões de excluídos, realizadas pelos dois governos anteriores, do PT e de seus aliados, tenha defendido o partido. A mim não interessa o partido mas a causa dos empobrecidos que constituem o eixo fundamental da Teologia da Libertação, a opção pelos pobres contra a pobreza e pela justiça social, causa essa tão decididamente assumida pelo Papa Francisco”- gostaria de lembrá-lo que os que mais ajudam a classe pobre são os da classe média que já foram pobres, pois tem maior consciência desse estado, maior sensibilidade com a causa dos injustiçados. Isso está por toda a Bíblia. Só a classe média pode desenvolver um diálogo entre ricos, médios e pobres. Assim, é hora da TL da igreja católica, do MST, da CUT, etc. abandonarem esse barco furado do PT e do PCdoB, se realmente quiserem continuar lutando, pacifica e fraternalmente como Cristo nos ensinou, por mais justiça social no Brasil.

    Curtir

    • Odilo, Paulo Freire nos deixou um legado, assumido pela TL e por Medellin e Puebla: Nenhuma solução se encontrará para os pobres sem envolver os próprios pobres. De resto permanecemos no paternalismo: nós da classe média vamos libertar os pobres. Esssa é uma ilusão. Nós podemos e devemos ser aliados deles, por-nos na escola deles e aprender com eles. Geralmente a classe média, não todos, são individualitas e com pouca abertura para o mundo dos abandonados que são milhões.O ideal é todos darmos nossa contribuição a partir do lugar social que ocupmos para superar a desigualdade social, pois a nossa é uma das maiores do mundo.E desigualdade é injustiça social e essa é um pecado social e estrutural que ofende a Deus a seus filhos e filhas.
      abraço lboff

      Curtir

  8. Lucas 23, 31.
    Porque, se isso tudo é feito quando a lenha está verde, o que acontecerá, então, quando ela estiver seca?

    Devemos estar preparados e não desanimar.

    Jesus Cristo nos assegura: não temas. Eis que estarei convosco todos os dias, até o final dos tempos.

    Curtir

  9. O problema — eu gostaria bastante de saber — é o porquê a cultura, a educação e até a arte no Brasil pioraram no petismo e no dilmismo. Gostaria de saber o porquê de a educação está tão ruim mesmo. De verdade.

    A educação básica ser uma das penúltimas na classificação mundial e ter até virado “porralouca”.
    [o 1º já sabemos: Finlândia — extremo norte da Europa & Coreia do Sul.].

    Enfatizo: bá-si-ca (básica — aquela em que o brilhante, versátil, erudito, não-Kitsch, não-brega e nem barango Cristovam Buarque tanto vem criticando o PT a anos a fio).

    _________________________
    Em 27 de janeiro de 2004 o apedeuta lula ligou para o erudito Cristovam Buarque em Portugal e o demitiu por telefone (lembrou disso?). Ele era Ministro da Educação.
    Cristovam tinha na época 1 PROJETO para EDUCAÇÃO extraooooordinário. Mas o apedeuta do lula desejava educação “pop”: populista, etc.

    E — pasme! — Cristovam Buarque é odiado pela mídia petista. E essa mesma mídia do petismo potencializou textos escritos contra ele muito mais ainda, desde o dia em que ele votou pelo impeachment daquela mulher esquisita demais — a dilma. Chamaram-no na época até de “””””traidor”””””: a saber: “Viomundo”. “Brasil 24/7”. “Tijolaço”. O blog “Mídia Ninja”. “OCafezinho”. Até mesmo “Carta Capital”, que é mídia impressa.

    Leia esses blogs petistas por favor, para ficar a par e indignado com a lavagem-cerebral brega e Kitsch que o PETISMO JORNALÍSTICO pratica (estão até pedindo dinheiro atualmente, depois que acabou o patrocínio da Petrobras, é mole?). Observe lá.

    ¿E a educação brasileira porralouca?…, Hein?

    ——–
    Gostaria muito e profundamente de entender o porquê de o PT ser tão brega e barango! Tenho enorme curiosidade antropológica!

    O Último e Derradeiro Mandamento. Ei-lo:
    *

    10º.
    Décimo Mandamento:

    “Não ouvirás lixo cultural do petismo que surgiu da época decadente lula-dilmista, como “sertanejo universitário” [não existia isso antes], criado no próprio inferno. Enquanto este povo deseducado e inculto não aprender a votar, sempre haverá tetas pra todos nós e música bem ruim e extremamente barangonas pro povão imbeciloide.
    Mamemos em paz e que outros senhores petistas nos acompanhem.”

    ________
    “Escreve as coisas que tem
    visto, e as que são, e as que
    depois destas hão de acontecer.”
    (Apocalipse, livro derradeiro da Bíblia).

    Curtir

    • Rivelino, vc deve conhecer melhor a história. Nenhum presidente fez tantas universidades novas do que Lula, 17 ao todo, ninguém fez mais escolas técnicas que ele, mais de 70. Quem abriu o acesso às universidades aos pobres e afrodescentes, milhares, como Lula e Dilma fizeram sem falar das escolas? O descalbro é histórico e político. O próprio Cristovam deixou escrito que o analfabetismo no Brasil é mantido pelas elites pois temem um povo consciente e letrado, mas tem pavor de um pobre ue aprendeu a ler e a pensar e por isso reclama direitos.
      Repense um pouco sua posição. lboff

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s