Carta aberta de Manuel Castells aos intelectuais do mundo sobre as eleições no Brasil

Manuel Castells é um dos mais conhecidos sociólogos do mundo e especialista em comunicação. Seu livro mais famoso é “A sociedade em rede”.Depois de lecionar em várias universidades, está agora na Califórnia do Sul, continuando suas pesquisas em comunicação e sua incidência na nova sociedade emergente. Seu nome tem grande peso. Por isso publicamos sua carta neste espaço Lboff

*************************

Carta abierta de Manuel Castells a los intelectuales del mundo

Amigos intelectuales comprometidos con la democracia:

Brasil esta en peligro. Y con Brasil el mundo. Porque despues de la eleccion de Trump, de la toma del poder por un gobierno neo-fascista en Italia y por el ascenso del neonazismo en Europa, Brasil puede elegir presidente a un fascista, defensor de la dictadura militar, misogino, sexista, racista y xenofobo, que ha obtenido 46% en la primera vuelta de las elecciones presidenciales.

Poco importa quien sea su oponente. Fernando Haddad, la unica alternativa posible, es un academico respetable y moderado, candidato por el PT, un partido hoy dia desprestigiado por haber participado en la corrupcion generalizada del sistema polico brasileno.

Pero la cuestion no es el PT, sino una presidencia de un Bolsonaro capaz de decir a una diputada, en publico, que “no merece ser violada por el”. O que el problema con la Dictadura no fue la tortura sino que no matar en lugar de torturar.

En una situacion asi, ningun intelectual, ningun democrata, ninguna persona responsable del mundo en que vivimos, podemos quedarnos indiferentes. Yo no represento a nadie mas que a mi mismo.

Ni apoyo a ningun partido. Simplemente, creo que es un caso de defensa de la humanidad, porque si Brasil, el pais decisivo de America Latina, cae en manos de este deleznable y peligroso personaje, y de los poderes facticos que los apoyan, los hermanos Koch entre otros, nos  habremos precipitado aun mas bajo en la desintegracion del orden moral y social del planeta a la que estamos asistiendo.

Por eso les escribo a todos ustedes, a los que conozco y a los que me gustaria conocer. No para que suscriban esta carta como si fuera un manifiesto al dictado de politicos. Sino para pedirles que cada uno haga conocer publicamente y en terminos personales su peticion para una active participacion en la segunda vuelta de las elecciones presidenciales, el 28 de octubre, y nuestro apoyo a un voto contra Bolsonaro, argumentandolo segun lo que cada uno piense, y difundiendo su carta por sus canales personales, redes sociales, medios de comunicacion, contactos politicos, cualquier formato que difunda nuestra protesta contra la eleccion del fascismo en Brasil.

Muchos de nosotros tenemos contactos en Brasil, o tenemos contactos que tienen contactos. Contactemoslos. Un what’s app es suficiente, o una llamada telefonica personal. No nos  hace falta un #.  Somos personas, miles, potencialmente hablando a millones, en el mundo y en Brasil Y porque a lo largo de nuestra vida hemos adquirido con nuestra lucha e integridad, una cierta autoridad moral, utilicemosla en este momento antes que sea demasiado tarde.

Yo lo voy a hacer, lo estoy haciendo. Y simplemente ruego que cada una/uno haga lo que pueda.

Manuel Castells

30 comentários sobre “Carta aberta de Manuel Castells aos intelectuais do mundo sobre as eleições no Brasil

  1. Que o Divino Espírito Santo ilumine a mente de cada brasileiro para que todos possam se posicionar no segundo turno das Eleições, em benfício da Nação e da Democracia! Oremos.

    Curtido por 2 pessoas

  2. Republicou isso em luveredase comentado:
    Pero la cuestion no es el PT, sino una presidencia de un Bolsonaro capaz de decir a una diputada, en publico, que “no merece ser violada por el”. O que el problema con la Dictadura no fue la tortura sino que no matar en lugar de torturar.
    En una situacion asi, ningun intelectual, ningun democrata, ninguna persona responsable del mundo en que vivimos, podemos quedarnos indiferentes. Yo no represento a nadie mas que a mi mismo.
    Manuel Castells

    Curtido por 1 pessoa

  3. Alcofribas Nasier. Bom dia, Professor! Gostaria de ter honra de conversar com o senhor. Moro em Guapimirim, RJ. Me chamo Felipe, Abraços!

    Curtir

    • “A política sem Deus é o pior castigo de uma nação”(Cardeal Filipino). “A política é uma maneira nobre e exigente de servir ao próximo”(São Paulo VI, recém canonizado). “A esperança já o disse muitas vezes, tem duas irmãs formosas: a indignação e a coragem” (Santo Agostinho). “Quando Deus decidiu resolver os problemas no mundo não enviou uma arma mas uma Criança ” (Bispo inglês).

      Curtir

  4. O mais provável é que está carta não seja do Castells coisissima nenhuma, pois um intelectual de verdade jamais escreveria nesse tom panfletário de centro acadêmico que casa minuciosamente com o discurso do petismo-lulismo. Uma fake new evidente que o Boff não teve pudor em divulgar. Ou, pior, é mesmo verdade e o tal Castells, doutor da Sorbonne etc. e tal é mais um “intelectual do partido”, capaz de dizer qualquer coisa que o partido quiser, o que vemos o tempo todo por aqui…

    Curtir

  5. Meu Jesus misericórdia de nosso país nossa Terra de Santa Cruz e toca Senhor no coração de cada brasileiro e brasileira e vejam o abismo que entraremos se esse facista l, homofobico, racista, machista. Afasta nos Senhor de todos males, só vós Senhor para nós livrar desse mal.

    Curtir

  6. Não se vota num candidato q quer destruir com a soberania Nacional e o estado de direito conseguido há muitas custas.O Brsasil precisa de uma proposta desenvolvimentista capaz de gerar produtividade e emprego.Garantindo a vida dos cidadãos brasileiros.Um pais q tem um grande potencial de terras de melhor qualidade no mundo.

    Curtir

    • Nos outros temos escrito nossas cartas para nossas relações que consideramos equivocadas. Temos dado esse mesmo brado, a nossa maneira…
      É um alento e uma grande força saber que existe esse pensamento, esse desejo em vc, Manuel Castells. A palavra obrigada vai aqui com toda a carga de significado que só ela contém.

      Curtir

  7. O Brasil, Pátria do Evangelho, Coração do Mundo, vendo sendo, desde seus primórdios, talvez antes de Cabral aportar suas caravelas em costas baianas, administrado pelo Cristo Redentor, através de Seus iluminados emissários, encarnados e desencarnados. Nesses momentos em que o orbe terrestre vive uma transição, na Pátria do Cruzeiro estão reencarnados aqueles que passarão a lhe conduzir os destinos. Agnósticos, evidentemente, não têm condições de assimilar tal transcendência. . Cabe=nos manter pensamentos positivos, orando, concorrendo assim , com nossas melhores vibrações , com a tarefa das falanges espirituais que nos tutelam.

    Curtir

  8. Subscrevo o pensamento de Castells; e irei divulga-la (sua ‘carta’) com o maior numero de contatos. Força, aliás; consciencia Brasil.

    Curtir

  9. Como um estrangeiro escreve como se vivesse e votasse no Brasil?
    Seria bom se fossem corretas as palavras dele por um nacionalista, ou um sul-americano.
    Perguntem ao Trump, à Merkel ou o Putin o que eles acham de nossa eleição. Até o próprio Maduro e a família Castro estão quietinhos para não atrapalharem uma “improvável” subida nas pesquisas do PT. Eles teriam o que ganhar com a esquerda, me estranha tanto silêncio desses “eternos parceiros”.

    Curtir

  10. Onde estão os intelectuais brasileiros?
    Assistem tudo isso sem se manifestarem. Depois do leite derramado será tarde demais.
    O que esperar de um candidato que se tornou presidente através de uma campanha pela internet? Sem participar de um único debate? Como saber o que pensa e o que propõe ao País?

    Curtir

  11. Castells, entre otros ‘brasilianistas’ que ni conocen ni quieren conocer las brujerias de 16 anos del PT, presenta una percepcion equivocada en tres puntos esenciales: 1. Al contrario de lo que argumenta, “la cuestion…” si’, “…es el PT” y fue esa la razon por que Bolsonaro ha sido elejido. 2. Haddad, que poco tiene de “respectable” como academico y aun menos como alcalde de Sao Paulo y Ministro de Educacion, ademas, no ha sido un candidato, sino un puesto/proxy del peor de “la cuestion”. 3. “…una presidencia de un Bolsonaro…” no es previsible con base en unas frases distorcidas y otras fuera del contexto que han sido propagadas por el PT y sus veiculos midiaticos. Para la grande mayoria de los electores, el riesgo Bolsonaro fue mas aceptable que la continuidad de 16 anos de PT.

    Curtir

  12. Concordo com alguém que preconisa a possibilidade de ocorrer com o atual presidente eleito, o que ocorreu com Color de Melo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s