Encontro com Lula na prisão: espiritualidade e política

No dia 7 de maio cumpriam-se 30 dias de prisão do ex-presidente Lula. Foi-lhe concedida pela primeira vez receber a visita de amigos. Tive a honra de ser o primeiro a encontrá-lo pela amizade de mais de 30 anos e pela comunhão de causa: a libertação dos emprobrecidos e para reforçar a dimensão espiritual da vida. Cumpri o preceito evangélico:”estava preso e me visitaste”.
Encontrei-o como o conhecemos fora da prisão: rosto, cabelo e barba, apenas levemente mais magro. Os que queriam vê-lo acabrunhado e deprimido devem se decepcionar. Está cheio de ânimo e de esperança. A cela é um amplo quarto, muito limpo, com armários embutidos, banheiro e chuveiro numa área fechada. A impressão é boa embora viva numa solitária, pois, à exceção dos advogados e dos filhos, só pode falar com o guarda de origem ucraina, gentil e atento, que se tornou um admirador de Lula.Traz-lhe as marmitas, ora mais mais quentes ora mais frias e café, sempre que solicita. Lula não aceita nenhum alimento que os filhos lhe que trazem, porque quer se alimentar como os demais presos, sem nenhum privilégio. Tem seu tempo de tomar sol. Mas ultimamente, enquanto o faz, aparecem drones sobre o espaço. Por precaução Lula logo vai embora, pois não se sabe qual seja o propósito destes drones, fotografá-lo ou, quem sabe, algo mais sinistro.
O importante foi a conversação de natureza espiritual na qual se misturavam observações políticas.. Lula é um homem religioso, mas da religiosidade popular para a qual Deus é uma evidência existencial. Encontei-o lendo um livro meu, “O Senhor é meu pastor”,(da Vozes) um comentário do famoso salmo 23 o mais lido dos salmos e também por outras religiões. Sentia-se fortificado e confirmado, pois a Bíblia geralmente critica os pastoes políticos e exalta aqueles que cuidam dos pobres, dos órfãos e das viúvas. Lula se sente nesta linha, com suas política sociais que beneficaram a tantos milhões. Não aceita a crítica de populista, dizendo: eu sou povo e vim do povo e oriento o mais que posso a política para ele.
Na cabeceira da cama há um crucifixo. Aproveita o tempo de reclusão estrita para refletir, meditar, rever tantas coisas de sua vida e aprofundar as convicções fundamentais que dão sentido a sua ação política, aquilo que sua mãe Lindu (que a sente como um anjo protetor e inspirador) sempre lhe repetia: sempre ser honesto e lutar e mais uma vez lutar. Vê nisso o sentido de sua vida pessoal e política: lutar para que haja vida digna para todos e não só para alguns à custa dos outros. A grandeza de um político se mede pela grandeza de sua causa, disse enfaticamente. E a causa tem que ser produzir vida para todos a começar pelos que menos vida têm. Em função disso não aceita derrotas definitivas. Nem quer cair de pé. O que não quer é cair. Mas manter-se fiel a seu propósito de base e fazer da política o grande instrumento para ordenar a vida em justiça e paz para todos, particularmente aos que vivem no inferno da fome e da miséria.
Esse sonho possui grandeza ética e espiritual inegável. É à luz destas convicções que se mantém tranquilo, pois diz e repete: vive desta verdade interior que possui força própria e vai se revelar um dia. “Só quero”, comentava, “que seja depois de minha morte, mas ainda em meu tempo de vida”. Indigna-se profundamente por causa das mentiras que divulgam contra ele e sobre elas montaram o processo do triplex. Pergunta-se, como podem as pessoas mentirem conscientemente e poderem dormir em paz? Faz um desafio ao juiz Sérgio Moro: “apresente-me uma única prova sequer, de que sou dono do triplex de Guarujá. Se aprensentar renunciarei à candidatura à presidência”. Recomendou-me que passasse esse recado à imprensa e aos que estão no acampamento:“Sou candidatíssimo. Quero levar avante o resgate dos pobres e fazer das política sociais em prol deles, políticas de Estado e que os custos que são investimentos entrem no orçamento da União. Irei radicalizar estas políticas para os pobres, junto com os pobres e dignificar nosso país”.
A meditação o fez entender que esta prisão possui um significado que transcende a ele, a mim e às disputas políticas. Deve ser o mesmo preço que Gandhi e Mandela pagaram com prisões e perseguições para alcançarem o que alcançaram. “Assim creio e espero”, dizia, “que é o que estou passando agora”.
Eu que entrei para anima-lo, saí animado. Espero que outros também se animem e gritem o “Lula livre” contra uma Justiça que não se mostra justa.
Leonardo Boff é teólogo e escreveu:Brasil:concluir a refundação ou prolongar a dependênciancia,Vozes 2018.

credito Eduardo Matyaik

credito Eduardo Matyaik

 

 

 

22 comentários sobre “Encontro com Lula na prisão: espiritualidade e política

  1. Frei Leonardo, “Não cair de pé, não queremos é cair”. Lutaremos uns pelos outros até o fim.Abraços carinhosos e ao Lula também. LULALIVREJÁ.Morena.

    Curtir

  2. A visita e mensagem clarificou bastante os posicionamentos e ideias de Lula. Nós que estamos de fora e impotentes com estas manobras arrogantes dos que prenderam Lula estamos sofrendo e aflitos. Somente com palavras esclarecedoras e de bom ânimo podemos SER BRAVOS E ANIMADOS como queria Jesus. Certamente(já dizia o salmo 23) NÃO FALHARÁ a ação celestial em favor de Lula e de muitos brasileiros que sofrem com esta força bruta que provoca revoltas, assassinatos e dificuldades como temos visto nos últimos dias. Obrigado ao Leonardo Boff pela coragem , sabedoria e graça de suas palavras.

    Curtir

  3. “Se empenhar-se em promover os pobres é ser comunista, Jesus Cristo e eu somos comunistas!”(Papa Francisco). Gosto da expressão :empenhar-se, mais do que lutar…”Quem não confessa Jesus Cristo, confessa o diabo!” (Papa Francisco). “Política é uma maneira nobre e exigente de servir ao próximo!” (Bem-aventurado Papa Paulo VI). “Não ao que é ilícito e injusto!” (Frei Betto). “Do depoimento do ex-presidente Lula e do interrogatório do juiz Sr. Moro, está claro que a acusação é falsa!” (Fábio Konder Comparato, Jurista; entrevista ao IHU (Instituto Humanitas Unisinos). ” O que fazem com o Lula e sua família é uma indignidade levada avante por golpistas que a exemplo de 1964, não suportam o avanço de reformas que visam tirar o povo da miséria.”(Dom Angélico Sândalo Bernardino,bispo emérito). “O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que ungiu; e enviou-me para anunciar a boa nova aos pobres, para sarar os contritos de coração, para anunciar aos cativos a redenção, aos cegos a restituição da vista, para por em liberdade os cativos, para publicar o ano novo da graça do Senhor.” (Lucas 4,18-19).

    Curtir

  4. Parabéns Boff. Que bom saber que aprendemos muitas lições com quem lhe foi roubada a liberdade!!!

    Curtir

  5. ENJAULAMENTO INSTITUCIONAL
    E NÃO O HOMEM POR CAUSA DA BOLSA FAMÍLIA.
    (Adaptado do evangelho de Jesus)
    Edir Macedo saiu do Banco Nacional para criar um templo universal no bairro da Abolição no Rio de Janeiro adaptando o paradigma da TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO ao paradigma da LIBERTAÇÃO DA TEOLOGIA. Milagres vieram com a MULTIPLICAÇÃO DE TEMPLOS pelo mundo afora. Atualmente os TEMPLOS MIDIÁTICOS da Universal concorrem com a
    Globo. Libertação da Teologia e Enjaulamento na Templologia são exemplos desta dialética entre a Humanidade e Instituições. Dialética necessária para a dinâmica da vida, pois
    estruturas, infraestruturas e suportes são necessárias para a dinâmica e expansão da vida que chega ao ápice da evolução.
    As revoluções e mudanças dificultam mais a vida que evoluções e transformações. Os oportunistas sempre aproveitam as facilidades. A graça barata e a politicagem rasteira e barata é mais fácil que passar pelas portas estreitas e aflições das crises humanas de relacionamento e ambientais. Os ventos surgem repentinamente e levam de roldão as bases superficiais. QUEM VIVER VERÁ ! Sem eutanásia ou cabeça pra baixo.
    De pé e para frente e para o alto na direção que ultrapassa as limitações que já foram consumadas e que dão os últimos suspiros do fim dos tempos da maldade e violência que não tem a força da vitória. Abraços. adeNIR

    Curtir

  6. Eu tive durante minha formação acadêmica, dois-três livros de L. Boff em minha cabeceira. Ele pessoalmente me autografou e recomendou um destes. Pois bem. Hoje fique profundamente decepcionado de ver pessoa de tamanha sensibilidade ir até Curitiba para encontrar o ex-presidente. O petismo na presidência foi marcado por uma profunda rede de corrupção, desmantelamento do sistema público de saúde, atenção aos pobres sobretudo com finalidades populistas, mentira ao povo e soberba. Vergonha L. Boff! A convicção ideológica que cegou a Igreja e que você atacou através da T.L. é a mesma que te mantêm convicto dentro de sua luta político-partidária. O PLANETA e AS PESSOAS PRECISAM DE UMA OUTRA ALTERNATIVA! A Existência e Deus tenham misericórdia de sua fé. Pense sobre isto.

    Curtir

    • Junior, tenho outro ponto de vista que o seu. Quem vê a realidade a partir de onde partiu a Teología da Libertação, os pobres e oprimidos, não pode negar que os governos Lula-Dilma fizeram aquilo que nunca foi feito na nossa história. A Casa Grande em sua lógica continua na cabeça de nossas elites do atraso (os ricos são apena 0,05 do povo brasileiro). Tiveram só um projeto para si nunca para o Brasil como um todo que incluisse especialmente os antigos escravos que até hoje não tiveram nenhuma compensação. Não pense que é seja fácil tirar 36 milhões da fome da miséria e dar luz para os rincões mais longinquos do pais, permitir que pobres e negros frequentassem a Universidade e outros projetos sociais. Sugiro que leias nesse blog meu a carta da escritora e jornalista, premiada com dois Jabutis, Luaciana Hidalgo “Carta a Lula”. Para mim é a análise mais equilibrada que já li. Eu fui a Lula não por minha iniciativa. Foi um pedido dele,pois na prisão descobriu a força secreta da espiritualidade, como descobriram Gandhi e Mandela. E tentei a primeira vez junto com o premio Nobel da Paz Adolfo Perez Esquivel e foi negado o pedido. Até o médico foi impedido de visitar Lula (o que é um crime), além de 6 governadores, vários senadores e a comissão oficial da Câmara…Isso mostra o regime de exceção sob o qual vivemos. Talvez vc nem se dê conta. Eu fui para cumprir o preceito evangélico “estava preso e me visitaste”. Pelo menos isso vc deve ter aprendido de meus textos. Eu não trai minha posição básica. Para mim pouco importa que partido ou grupo que dê centralidade aos pobres. Esta causa eu sempre vou defender e assumir enquanto viver. Pelo que aprendi do Novo Testamento, esta causa é a de Jesus, razão porque foi condenado à morte.Eu acho sim que precisamos de uma outra alternativa. É o conteúdo dos meus principais escritos depois dos anos 80 em nome dos quais me conferiram muitos prêmios, para mim o mais prestigioso o Premio Nobel Alternativo da Paz em 2001 pelo Parlamento sueco e a contribuição que o Papa Francisco me pediu para a sua encíclica Laudato Si: como cuidar da Casa Comum (80% do texto é de minha autoria, coisa que nunca vou proclamar, pois a encíclica não é minha, é do Papa e ele escolhe os assessores que quiser).Recomendo muito que leia esta encíclica que põe o Papa, como dizem vários nomes mundiais, na ponte da discussão ecológica, pois não se trata apenas de uma ecologia verde, mas de uma ecologia integral que inclui o ambiental, o social, o mental, o político e o espiritual, portanto, uma ecologia integral. Ademais releia meu testemunho sobre minha visita a Lula que, se tiver olhos benignos, poderá ver outras coisas que somente dimensões políticas. Aliás eu não me filiei a partido nenhum. Se defendi o PT é porque quanto sei, somente ele deu centralidade aos pobres e foi bom para eles, especialmente, restituindo-lhes dignidade. Aconselho a vc ler o livro do sociólogo e filósofo Jessé Souza, A elite do atraso: da escridão ao Lava Jato (Leya) de 2018. Não desanime. Pense como Jeremias no exílio no meio do povo sem esperança. Perguntaram-lhe:Jeremias, vc tem esperança? Ele responde: sim eu tenho esperança. Eu sei que o sol amanhã vai nascer e que o rei Ciro não poderá impedi-lo”. Assim espero que se faça justiça neste país, um dos mais desiguais do mundo, portanto, dos mais injustos do planeta. Abraço LBoff

      Curtido por 1 pessoa

      • Muito obrigado por sua resposta. É uma honra para mim. O que para mim é desgastante é a idéia central de que Lula foi o maior defensor dos pobres, e não mais nenhum outro político neste mais.

        Não se fala em combate a pobreza por outros partidos, como se qualquer desenvolvimento social neste país fosse obra de Lula. O único caminho que temos para combater a pobreza é este homem? O plano Real por exemplo foi um programa econômico que permitiu reduzir a pobreza, aumento de emprego, fim da inflação e inclusive financiar vários programas sociais dos governos posteriores, mas isto jamais será reconhecido, dada a soberba de determinados governantes. Basta ouvir os discursos recentes de Lula; “porque eu isso, eu aquilo e os nunca antes na história deste país”. Assumir sim um tom de messias como se fosse a boa nova, é o que está alertado no evangelho! Pense sobre isto.

        Poderia citar ainda outro tanto de governadores, prefeitos, uma série de outros bons políticos que ajudaram os pobres não com tom messiânico, mas como bom profissional cumprindo o que se espera dele.

        Nesta lógica da Casa Grande contra a senzala, dos ricos que só governam para eles, Lula se tornou um milhonário! É o não é verdade? Seus aliados também. Assumiram seus atos de corrupção aos olhos da justiça brasileira que os julgou e condenou. Assumiram a falsidade, a mediocridade e a ganância. Outros não. Eu concordo com o senhor de que pau que dá em chico também deveria dar em Francisco, e ainda falta muitos corruptos para serem condenados e de todos os partidos brasileiros. Lula é um ex-presidente cumprindo pena por erros que cometeu, simplesmente isto. É importante e digno aceitar os erros. Lula disse que é o brasileiro mais honesto do Brasil e você vem aqui em inúmeros posts defendê-lo? Não me diga que ele está sendo condenado por pouco, e que todos os outros fazem muito mais. Não sei se fazem muito mais, mas sim, o fazem. Um assassino por exemplo não deixa de ser condenado, só porque um serial killer continua solto. Se um homem de bem por exemplo, mata sua esposa, ele não deve ir pra cadeia porque já fez muito pelo pobres? Ele deve ficar livre porque não é o maior dos assassinos?

        Nos últimos dez anos, desde que me formei, o que vejo é o sucateamento do sistema público de saúde e gente morrendo em filas, sem leitos, sem exames. Embaixo dos meus olhos, no hospital onde trabalho, enquanto isto se constrói hidroelétricas ultrapassadas no meio da Amazônia. O que você me diz sobre isto? A educação, claro através do FIES um monte de gente entrou em faculdades particulares na qual deputados e outros políticos são os donos, claro. Mas a qualidade da educação piorou em todos os níveis. Que redução da pobreza é esta, quando se teve o aumento do roubo a mão armada e a proliferação do craque?

        Como um homem como o filho de Lula se torna acionista majoritário de companhia telefônica, dono de mais de 40 mil hectares de terra? Você poderia escrever um post sobre o enriquecimento da família Lula? Não meu caro, Lula não é Mandela, tampouco Gandhi. Não me faça tais ofensas. Nenhum destes é lobista e milhonário!

        Eu quero te pedir desculpa por qualquer ofensa nos meus textos, e dizer que admiro seu trabalho. O que não podemos é depender de um falso messias. Pense sobre isto. O Brasil, e milhões de brasileiros tem muito potencial. Está na hora de pararmos de fazer poesia para bandido.

        Curtir

      • Junior,o mérito das políticas sociais de Lula foi tirar o Brasil do mapa da fome.Ele saiu do Terceiro mundo e inglessou com os Brics entre os grandes países. Issso é inegável.Seus programas para diminuir pobreza são replicados em muitos países até na Inglaterra. Agora com Temer voltamos a ser Terceiro Mundo e entramos de novo no mapa da fome. Se vc estudar os clássicos intérpretes de nossa história, lerá que as elites sempre se coligaram e tiveram apenas um projeto para si e nunca para o povo e para todos. Dizer que Lula é milionário, isso é difamação da Globo,assim como dos filhos, até chegaram a dizer que a Friboi era do filho do Lula. Se há uma ofensa que Lula não aceita é ser chamado de ladrão. Lula não tem conta aqui nem la fora. Vive do pouco que amelhou. O triplex,hoje se sabe, foi uma farsa, nunca foi dele. Lula, seguramente, não é de ladrão. A grande mídia conservadora espalhe mentiras e vc deve ser crítico para não engolir tudo que especialmente a Globo difunde. Em nenhuma delação premiada se diz que Lula roubou. A corrrupção não pode ser simplesmente tributada ao governo dele, pois é endêmica em nossa história. Se quiser, leia o meu livro sobre isso, Brasi: continuar na dependência ou concluir a refundação, publicado recentemente na Vozes. Lá vc encontra os materiais que podem lhe ser úteis para formar uma opinião menos influenciada pela leitura dominante que diaboliza os pobres e seus aliados. E mais não diga. Cada um tem seu ponto de vista que é sempre a vista de um ponto.Abraço Lboff

        Curtido por 1 pessoa

  7. Parabéns Leonado Boff pela sua sincera amizade a Lula. Foi um dos melhores presidentes do Brasil pra mim, a Globo foi a emissora que mais o atacou com mentiras grotescas. e ainda há quem acredite. Que penna!!! Nilza

    Curtir

  8. Querido Leonardo Boff não fique triste pela prisão do Lula, ele tem como amigo o senhor. Lindo o encontro dos senhores- ambos adoram o ser humano. Quando penso nele, logo penso no sr., então, sinto uma esperança tão forte que me alivia.O senhor constatou que deram ao Lula uma prisão solitária. Ficaram com medo do contato com os demais presidiários. Porque será?De resto cuide-se, Lula precisará ser cuidado. Sou advogada, então digo-lhe: inexiste na Constituição proibição ao preso de comunicar-se. Ele poderá exigir este direito.Um abraço esperançoso – isto aprendi com o sr,ao sr. e ao Lula.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s